Remover Youtube vírus (Guia gratuito) - Instruções de remoção

Guia de remoção de virus Youtube

O que é Vírus Youtube?

Vírus YouTube torna-se mais persuasivo

A imagem a refletir o site YouTube corrompido

Vírus YouTube é a definição de várias formas de malware que usam o nome do serviço de transmissão de vídeo de uma ou outra forma. Permita-nos notar que o site YouTube oficial não está relacionado com nenhum dos vírus de forma alguma. Normalmente, os utilizadores encontram um dite YouTube idêntico mas fraudulento. Além deste fenómeno, existem outras ameaças malware que exploram a autoridade deste serviço:

  • Adware
  • Screen lockers (falso ransomware)
  • Falsas atualizações do Flash Player disfarçando-se de falsos domínios YouTube
  • Infeções de redireccionamento de browser

Note que o website oficial contém indicador HTTPS e não lhe pede que atualize o Flash Player ou instale quaisquer codecs adicionais. Se está convencido(a) que está numa versão errada do domínio oficial, remova o vírus YouTube. O ReimageIntego ou Malwarebytes poderão ser úteis nesta situação. Antes de discutirmos os métodos de eliminação, deixe-nos rever os casos de malware dominantes do YouTube.

Adware à espreita em falsos sites YouTube

Talvez os exemplos mais eficientes que ilustram este tipo de vírus sejam o Facebook message e video viruses. Apesar de estes vírus ocorreram anualmente, a comunidade virtual parece ainda não ter aprendido a lição.

Em qualquer dos casos, um atalho de vídeo fraudulento é distribuído entre a comunidade do Facebook. De forma a persuadir utilizadores ingénuos, a mensagem contém o comentário “vídeo do [nome do destinatário]”. Casos recentes do esquema incluem a imagem de perfil de um destinatário.

Além disso, após clicar no atalho que indica site aleatório ou ainda supostamente o URL do YouTube, os utilizadores são redirecionados para um falso site YouTube. De forma a reproduzir o vídeo, é suposto que os utilizadores permitam uma extensão específica ou descarregue um codec. Alguns casos de malware pedem às vítimas para instalar aplicações dúbias. Esta ação descarregaria adware para o sistema operativo ou uma ameaça virtual ainda mais elaborada.

Ransomware Youtube?

Por mais ridículo que possa parecer, de facto, existiram casos do chamado ransomware YouTube. Por exemplo, em Junho de 2017, um screen locker fazendo passar-se pelo cripto-malware YouTube foi detetado. Alarmou os utilizadores informando que tinham violado a elei do YouTube.

De forma a recuperar o acesso ao website bem como ao dispositivo, teriam que supostamente inserir o código. Felizmente, os peritos descobriram o código passe: law725. Afinal a ameaça era uma mera partida e não um vírus ameaçador. Devido à popularidade do domínio oficial, a probabilidade de um ransomware verdadeiro não deve ser excluída.

Os exemplos do vírus YouTubeO vírus YouTube visa a comunidade virtual de novas formas

Falsos pop-ups Flash Player

Esta é de longe a forma mais comum do vírus YouTube. Existiram várias vezes em que os utilizadores encontraram uma mensagem pop-up a incitar a atualização do Flash Player de forma a reproduzir um vídeo no site.

Infelizmente, devido a uma aparição persuasiva deste alerta, os utilizadores crédulos instalam o alerta falso apenas para descobrir a presença de adware frustrante, um trojan ladrão de dados ou mesmo verdadeiro cripto-malware. Tenha em mente que o seu sistema operativo o notifica sobre a desatualização do Flash Player assim que entra na conta do seu computador.

Impostores do YouTube

Como todo o website popular tem o seu gémeo mau também o YouTube tem um. Os programadores de malware criaram dezenas de falsos websites baseados num único truque: a palavra “youtube” mal escrita. Uma vez que é comum entre os utilizadores escreverem mal o nome de um domínio, muitas vezes são redirecionados acidentalmente para um site de phishing.

Pode também oferecer a instalação de uma extensão dúbia. Caso contrário, estes domínios podem ser um refúgio perfeito para esconder mineiros de cripto-moeda. Não são visíveis para os utilizadores regulares. Enquanto visualizam vídeos num falso website, o malware mina bitcoins ou outra cripto-moeda. Resumindo, devido aos mesmos, poderá notar que o website absorve uma enorme quantidade de recursos do CPU.

Nesse caso, terá de efetuar a remoção do vírus YouTube assim que possível. De forma a evitar o encontro com mineiros de cripto-moedas, instale um plug-in anti-mineiro como, por exemplo, o AdBlock ou No Coin ou qualquer outro, mas escolha sensatamente pois existem também imitações fraudulentas destas extensões.

Tendências de distribuição de malware variam

Dependendo de que tipo de vírus YouTube encontrar, a eliminação do malware e medidas de prevenção diferem. De forma a evitar adware ou o redireccionamento do vírus YouTube, certifique-se que não instala quaisquer atualizações de software a partir de páginas aleatórias.

Relativamente ao vírus de mensagem Facebook, não clique em atalhos de vídeo ou descarregue um ficheiro de imagem que supostamente foi enviada pelo seu amigo. Questione o remetente novamente para verificar o conteúdo da mensagem. Note que um atalho de vídeo genuíno gera muitas vezes uma imagem de vídeo com a captura de ecrã do conteúdo.

Se escreveu mal o nome URL do YouTube e se encontrou num website estranho, sai do mesmo imediatamente e faça um scan ao navegador. Deverá também atualizar o seu navegador para encontrar kits de exploração que visam certas vulnerabilidades do navegador, podem também cravejá-lo(a) de falsos pop-up do site YouTube.

Métodos de eliminação chave do vírus Youtube

Esteja a lida com o vírus de redireccionamento YouTube ou foi ter a uma página de rede contrafeita, efetue um scan ao navegador e PC com uma ferramenta anti-malware. Atualize-a antes do scan. A remoção automática do vírus YouTube é também recomendada ao lidar com um screen locker.

De forma a recuperar o acesso a funções de sistema vitais, clique em ALT+F4. Mais tarde, reinicie no Modo de Segurança se necessário e repita o procedimento de scan. Por último, é recomendado que reconfigure as definições do navegador. Esta ação irá remover os guiões, cookies e outras componentes do vírus YouTube. Note que o malware YouTube visa cada utilizador de computador, independentemente de ser Britânico, Português ou Chinês.

É possível remover este vírus com a ajuda do ReimageIntego. SpyHunter 5Combo Cleaner e Malwarebytes são as nossas recomendações para detetar programas potencialmente indesejados e vírus, com todos os seus ficheiros e entradas no registo associadas.

Oferta
faça agora!
Baixe
Reimage Felicidade
garantida
Baixe
Intego Felicidade
garantida
Compatível com Microsoft Windows Compatível com macOS
O que fazer se falhou?
Caso não consiga reverter os danos causados pelo vírus com o Reimage Intego, submeta uma questão à nossa equipa de apoio e providencie o maior número de detalhes possível.
Reimage Intego possui a funcionalidade de análise gratuita. Reimage Intego é bastante mais útil quando compra a sua versão completa. Quando a versão grátis deteta problemas, é possível efetuar a reparação manual gratuitamente ou poderá optar por comprar a versão completa e corrigir qualquer erro/ameaça automaticamente.
Software alternativo
Existem propósitos diferentes para cada software. Caso não consiga reparar os seus ficheiros corrompidos com o Reimage, experimente o SpyHunter 5.
Software alternativo
Existem propósitos diferentes para cada software. Caso não consiga reparar os seus ficheiros corrompidos com o Intego, experimente o Combo Cleaner.

Guia de remoção manual de virus Youtube

Desinstalar do Windows

O vírus Youtube procura vulnerabilidade em todos os navegadores.

Para remover o Vírus Youtube em máquinas com Windows 10/8, por favor siga estes passos:

  1. Escreva Painel de Controlo na barra de pesquisa do Windows e pressione Enter ou clique no resultado da pesquisa.
  2. Sob Programas, selecione Desinstalar um programa. Desinstalar do Windows
  3. Na lista, encontre quaisquer entradas relacionadas com o Vírus Youtube (ou qualquer outro programa suspeito instalado recentemente).
  4. Clique com o botão direito na aplicação e selecione Desinstalar.
  5. Caso surja a janela de Controlo de Conta do Utilizador, clique em Sim.
  6. Aguarde até que o processo de desinstalação termine e pressione OK. Desinstalar do Windows

Caso seja utilizador do Windows 7/XP, proceda com as seguintes instruções:

  1. Clique no ícone Iniciar do Windows > Painel de Controlo localizado na barra direita (se utilizar o Windows XP, clique em Adicionar/Remover Programas).
  2. No Painel de Controlo, selecione Programas > Desinstalar um programa. Desinstalar do Windows
  3. Selecione a aplicação indesejada, clicando no item apenas uma vez.
  4. No topo, selecione Desinstalar/Alterar.
  5. Se surgir a janela de confirmação, selecione Sim.
  6. Clique em OK depois de terminar o processo de desinstalação.

Remover Youtube do Mac OS X sistema

Os utilizadores de Mac OS devem também ser cautelosos com o malware YouTube, pois os programadores  do vírus tendem a visá-los mais.

  1. Se você estiver usando OS X, clique em Go botão na parte superior esquerda da tela e selecione Applications. Clique 'Go' e selecione 'Applications'
  2. Espere até você ver a pasta de Applications e procure por Youtube ou quaisquer outros programas suspeitos sobre ele. Agora, clique direito sobre cada dessas entradas e selecione Move to Trash. Clique em cada entrada maliciosa e selecionam 'Move to Trash'

Restaurar o MS Edge/Chromium Edge

Eliminar extensões indesejadas do MS Edge:

  1. Selecione o Menu (três pontos horizontais no canto superior direito da janela do browser) e selecione Extensões.
  2. Da lista, selecione a extensão relacionada com o Vírus Youtube e clique no ícone da Engrenagem.
  3. Clique em Desinstalar. Restaurar o MS Edge/Chromium Edge

Eliminar cookies e outros dados de navegação

  1. Selecione o Menu (três pontos horizontais no canto superior direito da janela do browser) e selecione
  2. Privacidade e Segurança.
  3. Sob Limpar dados de navegação, selecione Escolher o que pretende limpar.
  4. Selecione tudo (menos as palavras-passe, embora deva incluir licenças de multimédia, se aplicável) e clique em Limpar. Restaurar o MS Edge/Chromium Edge

Restaurar definições de novos separadores e página inicial:

  1. Clique no ícone do menu e selecione Definições.
  2. Encontre a secção No arranque.
  3. Clique em Desativar se encontrar quaisquer domínios específicos.

Restaurar o MS Edge caso os passos acima não funcionem:

  1. Pressione Ctrl + Shift + Esc para abrir o Gestor de Tarefas.
  2. Clique na seta Mais detalhes na área inferior da janela.
  3. Selcione o separador Detalhes.
  4. Percorra a lista e localize todas as entradas com o nome Microsoft EdgeClique com o botão direito em cada um dos itens e selecione Terminar Tarefa para terminar a execução do MS Edge. Restaurar o MS Edge/Chromium Edge

Se esta solução não resolver o seu problema, necessita de utilizar um método avançado de restauro do Edge. Note que é necessário fazer cópias de segurança dos seus dados antes de proceder.

  1. Encontre a seguinte pasta no seu computador: C:\\Users\\%username%\\AppData\\Local\\Packages\\Microsoft.MicrosoftEdge_8wekyb3d8bbwe.
  2. Pressione Ctrl + A no seu teclado para selecionar todas as pastas.
  3. Clique nas pastas com o botão direito e selecione Eliminar Restaurar o MS Edge/Chromium Edge
  4. Agora clique com o botão direito no botão Iniciar e selecione o Windows PowerShell (Administrador).
  5. Quando a nova janela abrir, copie e cole o seguinte comando e pressione Enter:

    Get-AppXPackage -AllUsers -Name Microsoft.MicrosoftEdge | Foreach {Add-AppxPackage -DisableDevelopmentMode -Register “$($_.InstallLocation)\\AppXManifest.xml” -Verbose Restaurar o MS Edge/Chromium Edge

Instruções para o Microsoft Edge baseado em Chromium

Eliminar extensões do MS Edge (Chromium):

  1. Abra o Edge e selecione Definições > Extensões.
  2. Elimine extensões indesejadas ao clicar em Remover. Restaurar o MS Edge/Chromium Edge

Limpar cache e dados de sites:

  1. Clique no Menu e aceda às Definições.
  2. Selecione Privacidade, pesquisa e serviços.
  3. Na secção Limpar dados de navegação, selecione Escolher o que pretende limpar.
  4. Sob o Intervalo de tempo, escolha Tudo.
  5. Selecione Limpar agora. Restaurar o MS Edge/Chromium Edge

Restaurar o MS Edge baseado em Chromium:

  1. Clique no Menu e seleciona as Definições.
  2. Na barra lateral esquerda, selecione Repor definições.
  3. Selecione Repor os valores predefinidos das definições.
  4. Confirme com Repor. Restaurar o MS Edge/Chromium Edge

Restaurar o Mozilla Firefox

Remover extensões perigosas:

  1. Abra o browser Mozilla Firefox e clique no Menu (três linhas horizontais no canto superior direito da janela).
  2. Selecione Add-ons (extensões).
  3. Nesta página, selecione quaisquer plugins relacionados com o Vírus Youtube e clique em Remover. Restaurar o Mozilla Firefox

Restaurar a página inicial:

  1. Clique nas três linhas horizontais no canto superior direito para abrir o menu.
  2. Selecione Opções.
  3. Nas opções sob o painel Início, selecione o seu website preferido para abrir sempre que executa o Mozilla Firefox.

Eliminar cookies e dados de sites:

  1. Clique no Menu e selecione Opções.
  2. Vá para a secção de Privacidade e Segurança.
  3. Navegue para baixo até encontrar Cookies e Dados de Sites.
  4. Clique em Limpar Dados…
  5. Selecione Cookies e Dados de Sites, assim como em Conteúdo da Web em cache e pressione Limpar. Restaurar o Mozilla Firefox

Restaurar o Mozilla Firefox

Caso o Vírus Youtube não tenha sido removido após seguir as instruções acima, restaure o Mozilla Firefox:

  1. Abra o browser Mozilla Firefox e clique no Menu.
  2. Vá para Ajuda e selecione Informação para resolução de problemas. Restaurar o Mozilla Firefox
  3. Sob a secção Otimizar o Firefox section, clique em Restaurar o Firefox…
  4. Assim que surgir a notificação, confirme a ação ao pressionar em Restaurar o Firefox – este processo deverá completar a eliminação do Vírus Youtube. Restaurar o Mozilla Firefox

Restaurar o Google Chrome

Eliminar extensões maliciosas do Google Chrome:

  1. Abra o Google Chrome, clique no Menu (três pontos verticais no canto superior direito) e selecione Mais ferramentas > Extensões.
  2. Na nova janela aberta, conseguirá ver todas as extensões instaladas. Desinstale todos os plugins suspeitos potencialmente relacionados com o Vírus Youtube, clicando em Remover. Restaurar o Google Chrome

Limpar ficheiros em cache e dados de navegação do Chrome:

  1. Clique no Menu e selecione Definições.
  2. Sob Privacidade e Segurança, selecione Limpar dados de navegação.
  3. Selecione Histórico de navegação, Cookies e outros dados do site, assim como Imagens e ficheiros em cache.
  4. Clique em Limpar dados. Restaurar o Google Chrome

Alterar a sua página inicial:

  1. Clique no menu e selecione Definições.
  2. Procure por qualquer website suspeito, como Vírus Youtube, na secção No arranque.
  3. Clique em Abrir uma página específica ou um conjunto de páginas e clique nos três pontos para encontrar a opção Remover.

Restaurar o Google Chrome:

Caso os métodos anteriores não tenham ajudado, restaure o Google Chrome para eliminar todos os componentes do Vírus Youtube:

  1. Clique no Menu e selecione Definições.
  2. Nas Definições, navegue para abaixo e clique em Avançadas.
  3. Encontre a secção Repor e limpar.
  4. Clique em Repor as predefinições originais das definições.
  5. Confirme com Repor definições para completar a eliminação do Vírus Youtube. Restaurar o Google Chrome

Restaurar o Safari

Remover extensões indesejadas do Safari:

  1. Clique em Safari > Preferências…
  2. Na nova janela, selecione Extensões.
  3. Selecione a extensão indesejada relacionada com o Vírus Youtube e selecione Desinstalar. Restaurar o Safari

Limpar cookies e outros dados de websites no Safari:

  1. Clique em Safari > Limpar Histórico…
  2. No menu pop-up, selecione todo o histórico na secção Limpar.
  3. Confirme com Limpar Histórico. Restaurar o Safari

Restaurar o Safari, caso as definições mencionadas anteriormente não tenham ajudado:

  1. Clique em Safari > Preferências…
  2. Vá para o separador Avançadas.
  3. Assinale a caixa Mostrar Menu de Programação na barra de menus.
  4. Na barra de menus, clique em Programação, e selecione Esvaziar Caches. Restaurar o Safari

Após desinstalar este programa potencialmente indesejado (PUP) e fixação de cada um dos seus navegadores, recomendamos que a varredura de seu sistema do PC com um anti-spyware respeitável. Isto vai ajudar você a se livrar dos vestígios de registro Youtube e também identificará parasitas relacionadas ou infecções de malware possível no seu computador. Para isso, você pode usar nosso removedor de malware votados: ReimageIntego, SpyHunter 5Combo Cleaner ou Malwarebytes.

Recomendado para você

Selecione um browser web adequado e melhore a sua segurança com uma VPN

A espionagem online cresceu substancialmente durante os últimos anos, e os utilizadores estão cada vez mais interessados em formas de proteger a sua privacidade. Um dos meios básicos utilizados para adicionar uma camada de segurança – selecione o browser web mais privado e seguro

De qualquer forma, existe uma forma eficaz de garantir um nível extra de proteção e criar sessões de navegação online completamente anónimas com a ajuda da VPN Private Internet Access. Este software reencaminha o tráfego através de diferentes servidores, ocultando o seu próprio endereço IP e localização geográfica. A combinação de um browser seguro com a VPN Private Internet Access permite-lhe navegar pela Internet sem medo de ser monitorizado ou atacado por criminosos.

Cópias de segurança para utilizar mais tarde, em caso de ataque de malware

 Os problemas de software causados por malware ou perda direta de dados provocada por encriptação, podem significar problemas graves no seu dispositivo, ou danos permanentes. Quando possui cópias de segurança atualizadas, consegue facilmente recuperar após um incidente e continuar o seu trabalho.

Atualizar as suas cópias de segurança é crucial após efetuar quaisquer alterações no dispositivo, de forma a conseguir regressar ao seu trabalho quando o malware efetuar alterações indesejadas, ou sempre que ocorrerem problemas no dispositivo que causem a perda de dados ou corrupção permanente de ficheiros.

Ao guardar sempre a versão mais recente de qualquer documento ou projeto importante, é possível evitar todas as potenciais frustrações e interrupções. Utilize o Data Recovery Pro para restaurar ficheiros do sistema.

Sobre o autor
Lucia Danes
Lucia Danes - Pesquisador de vírus

Se este guia de remoção livre ajudou você e você está satisfeito com o nosso serviço, por favor, considere fazer uma doação para manter este serviço vivo. Mesmo uma quantidade menor será apreciada.

Contato do Lucia Danes
Sobre a empresa Esolutions

Guias de remoção em outras línguas