Escala de gravidade:  
  (15/100)

Remover “Is that you” Facebook vírus (Guia remoção) - Atualizado Nov 2019

Alice Woods de escrito por... - - | Digite: Malware

O vírus do Facebook “Is that you” (“És tu?”) é uma campanha maliciosa das redes sociais, utilizada para extorquir informações pessoais

Vírus do Facebook Messenger "Is that you"

O vírus do Facebook “Is that you” é uma mensagem de texto que surge nas aplicações de redes sociais, afirmando possuir informações ou conteúdo relacionado com a vítima. Tipicamente, os utilizadores são enganados e clicam no link, uma vez que os vídeos, fotografias ou qualquer outro material apresenta um aspeto legítimo, e o remetente da mensagem é um amigo da vida real. No entanto, esta campanha tem o objetivo de o manipular para que introduza as credenciais da sua conta Facebook, revelando as suas informações de login, como o nome, palavra-passe ou quaisquer outras credenciais valiosas.

Caso este esquema malicioso no Facebook é semelhante ao vírus “hahaha” e outros tipos de vírus Facebook. As pessoas recebem uma mensagem instantânea via Facebook Messenger que inclui o seu nome, um link para um “vídeo” e a questão “Is that you?” (“És tu?”). Tipicamente, o link do “vídeo” parece estar associado ao YouTube, mas normalmente reencaminha o utilizador para uma página de login maliciosa, com o objetivo de partilhar a sua conta Facebook com os “maus da fita”.

Nome Vírus do Facebook “Is that you”
Tipo Malware
Sintomas Exibe uma mensagem no Facebook Messenger, afirmando que a vítima está presente num determinado vídeo
Versão de
Perigo Procura enganar as pessoas, para que estas revelem as suas credenciais, reencaminha os utilizadores para páginas perigosas, instala extensões maliciosas, também conhecido como malware
Distribuição Facebook Messenger
Eliminação Ignore a mensagem “Is that you” (“És tu?”) no Facebook e limpe a sua máquina com o Reimage caso tenha clicado no link, que tem um potencial enorme de ser malicioso

O vírus “Is that you” é mais uma forma de vírus do Facebook distribuído por criminosos para obter as credenciais de login das vítimas ou espalhar malware. O vírus foi inicialmente detetado em 2017. Nesse momento, a equipa do Facebook corrigiu a vulnerabilidade rapidamente e interrompeu a sua distribuição. No entanto, aparentemente, não foi eliminado completamente desde a última campanha maliciosa em junho de 2019.

A principal razão que caracteriza esta fraude nas redes sociais como uma ameaça extremamente perigosa é o facto de causar a divulgação involuntária de informações privadas. Assim que o utilizador clicar num link para o “vídeo”, o vírus “Is that you” do Facebook Messenger reencaminha-o para um YouTube falso e de seguida apresenta um website de login semelhante ao do Messenger. A fraude que questiona se é você que está no vídeo não permite que o utilizador assista ao vídeo sem introduzir os seus detalhes de login. É este o esquema deste vírus.

O vírus do Facebook “Is that you” tem como objetivo que as vítimas visitem a página maliciosa, revelem informações relacionadas com o seu e-mail ou contas de redes sociais, ou até que instalem um determinado programa. Os cibercriminosos utilizam várias táticas fraudulentas e outros esquemas, criados especificamente para obter detalhes valiosos do utilizador. É definitivamente aconselhável evitar este tipo de reencaminhamentos a todo o custo.

Vírus do Facebook "Is that you"
O esquema fraudulento do vírus do Facebook "Is that you" influencia as pessoas a providenciarem os detalhes de login das suas contas do Facebook.

Ao tentar enganar as suas vítimas, este vírus utiliza várias afirmações falsas no conteúdo, tipicamente relacionadas consigo ou com a sua família, ou qualquer outra pessoa chegada. Infelizmente, os programadores do vírus conseguem imitar os seus amigos mais próximos e outros contactos do Messenger, para que não hesite em clicar no link ou vídeo providenciado.

No entanto, clicar no conteúdo exibido pelo vírus do Facebook “Is that you” pode reencaminhá-lo para vários locais indesejados e potencialmente inseguros:

  • páginas comerciais;
  • websites suportados por publicidade;
  • conteúdo afiliado;
  • websites com material malicioso;
  • pop-ups promocionais.

O vírus do Facebook “Is this your video” (“Este vídeo é teu?”) não acaba com a mensagem inicial acerca do vídeo comprometedor. Quando a vítima clica no link ou no vídeo, surge um formulário de login para “ajudar” o utilizador a entrar na sua conta Facebook ou e-mail. Infelizmente, é nesta etapa que a informação introduzida é registada e recolhida.

Os nomes de utilizador/e-mails e palavras-passe recolhidos podem ser utilizados de diversas formas, incluindo burlas personalizadas e campanhas de phishing. Dados, tais como palavras-passe, são frequentemente utilizados para extorsão e fraudes via e-mail, uma vez que as pessoas utilizam frequentemente a mesma palavra-passe para várias contas em diferentes plataformas. Adicionalmente, se a sua conta do Facebook for comercial e se encontrar associada à sua conta PayPal, os hackers conseguirão roubar o seu dinheiro.

Infelizmente, existem outras circunstâncias em que os hackers e criminosos conseguem obter este tipo de dados ou utilizar informação furtada. O vírus do Facebook “Is that you” é apenas uma versão do malware, com o intuito de obter informações pessoais.

Seja cuidadoso, pois existem várias versões deste tipo de vírus no Facebook que tentam obter informações pessoais, roubar credenciais ou qualquer outro tipo de dados valiosos das vítimas. Adicionalmente, os utilizadores podem ser reencaminhados para websites repletos de malware, providenciando links rápidos para extensões maliciosas e conteúdo similar. Como já alertámos previamente, o vírus “Is that you” tem aumentado a sua atividade na web, portanto prepare-se e alerte todos os que conhece.

Mensagem do vírus do Facebook "Is that you"

Outros perigos relacionados com o vírus do Facebook “Is that you”

As hiperligações maliciosas presentes nas redes sociais também podem ser utilizadas para distribuir malware ou outro tipo de infeções perigosas, portanto, antes de clicar nos links presentes em mensagens dúbias, que não apresentem um texto coerente, pergunte ao seu amigo(a) ou conhecido(a) se a mensagem foi de facto enviado por ele/ela. Muito provavelmente, a conta desse(a) amigo(a) foi infetada com um vírus do Facebook, e por essa razão envia mensagens maliciosas automaticamente.

Caso suspeite que a sua conta do Facebook foi infetada com este tipo de vírus, deverá denunciar imediatamente o caso à equipa de assistência do Facebook e alterar a palavra-passe da sua conta.

De seguida, descarregue um anti-malware profissional ou atualize a aplicação de segurança que possui, e efetue uma análise completa ao sistema. Esta é a forma mais rápida e segura para remover o vírus “Is that you”. Com esse objetivo em vista, recomendamos a utilização do Reimage, mas poderá selecionar qualquer outra ferramenta fidedigna de segurança.

A distribuição de todas as variantes deste vírus é igual

Embora não se aplique a todos os casos, os utilizadores mais frequentes das redes sociais são atacados através de mensagens, supostamente enviadas por um dos seus contactos. A infeção é disseminada em cadeia – as próprias vítimas infetam outras pessoas ao clicar nos links maliciosos.

O vírus “Is this you” cria as mensagens que apresentam a seguinte estrutura: o nome da potencial vítima, a palavra “vídeo” associada a um domínio malicioso e um emoji aleatório. Os especialistas em cibersegurança descobriram que este tipo de vírus é traduzido para vários idiomas, portanto, se a localização da vítima for Itália, a mensagem será enviada em italiano.

De forma a proteger a sua conta de um ataque, é necessário evitar qualquer tipo de contacto com anúncios suspeitos e notícias providenciadas na feed da plataforma. Não se deixe enganar por ofertas para ganhar bilhetes da Ryanair ou iPhones por apenas um Euro. Notícias sobre uma mulher seminua com um slogan como “Esta rapariga arruinou a sua vida em apenas dois minutos” são falsas, e poderão reencaminhá-lo para websites de phishing.

Os especialistas em segurança da NoVirus.co recomendam que os utilizadores ativem a autenticação de dois fatores. Esta funcionalidade é uma medida preventiva útil que ajuda a evitar uma possível invasão à sua conta. Com esta funcionalidade ativada, você receberá um pedido de confirmação cada vez que alguém tentar entrar na sua conta, e terá que introduzir um código único de segurança.

Saiba como remover completamente o vírus do Facebook “Is that you”

O vírus do Facebook “Is that you” é uma componente perigosa de malware, que bloqueia o acesso à sua conta do Facebook ou o engana para instalar outro tipo de infeção informática. Portanto, assim que algum dos seus amigos lhe diga que está a enviar mensagens no Messenger a questionar se é a própria pessoa que está naquele vídeo, analise imediatamente o sistema com um software de segurança profissional, tal como o Reimage, SpyHunter 5Combo Cleaner ou Malwarebytes

Adicionalmente, não se esqueça de alterar imediatamente a palavra-passe da sua conta do Facebook, para prevenir o roubo de identidade ou recolha de informações pessoais. Também é aconselhável alertar os seus amigos do facto da sua conta se encontrar infetada, aconselhando-os a não abrirem quaisquer mensagens suspeitas enviadas da sua conta.

A remoção do vírus “Is that you” também requer uma investigação detalhada nas definições da aplicação do Facebook. Para desativar add-ons maliciosos, deverá seguir estes passos:

  1. Inicie sessão na sua conta Facebook e clique num pequeno triângulo à sua direita;
  2. Clique em Definições para abrir a janela de Definições gerais de conta;
  3. Olhe para a sua esquerda e selecione Apps e sites;
  4. Clique no botão Editar na opção Apps, Sites e Plugins;
  5. Selecione Desativar para proteger a sua conta de qualquer acesso não autorizado por parte de aplicações alheias.
Oferta
faça agora!
Baixe
Reimage (software de remoção) Felicidade
garantida
Baixe
Reimage (software de remoção) Felicidade
garantida
Compatível com Microsoft Windows Supported versions Compatível com OS X Supported versions
O que fazer se falhou?
Caso não consiga reverter os danos causados pelo vírus com o Reimage, submeta uma questão à nossa equipa de apoio e providencie o maior número de detalhes possível.
Recomendamos o Reimage para reverter os danos causados pelo vírus. Scanner gratuito permite que você verifique se o seu PC está infectado ou não. Se você precisar remover malwares, você tem que comprar a versão licenciada do Reimage ferramenta remoção de malware.
Vírus do Facebook "Is that you" instantâneo
Vírus do Facebook "Is that you" instantâneo

Sobre o autor

Alice Woods
Alice Woods

Se este guia de remoção livre ajudou você e você está satisfeito com o nosso serviço, por favor, considere fazer uma doação para manter este serviço vivo. Mesmo uma quantidade menor será apreciada.

Contato do Alice Woods
Sobre a empresa Esolutions

Fonte: https://www.2-spyware.com/remove-is-that-you-facebook-virus.html

Guias de remoção em outras línguas