O que é bombardeiros de e-mail e como remove-lo

Lucia Danes de escrito por... - - atualizado | Digite: Bombardeiros de e-mail

Um bombardeiro de e-mails é um programa de informática que pode ser instalado em qualquer computador conectado à Internet. Na maioria dos casos, pode encontrar este tipo de programa a correr no computador do hacker como um servidor ilegal de correio, mas pode também ser instalado num PC comprometido. A maioria dos bombardeiros de e-mail são programados para inundar as caixas de correio das vítimas com uma quantidade excessiva de mensagens e-mail repletas de grandes anexos. Para tentar enganar o maior número de pessoas possível, estas mensagens são preenchidas com notificações relacionadas com publicidade, como descontos, comparações de preços, negócios e ofertas. Na maioria dos casos, estes negócios são enganadores e apenas podem levar as pessoas a problemas relacionados com o PC, como abrandamentos e instabilidade do sistema.

Um bombardeiro de e-mail não é um parasita ou aplicação viral de computador, mas a sua atividade poderá não ser apenas irritante. Tenha em atenção que este parasita pode afetar seriamente o desempenho do seu PC e diminuir a velocidade da Internet. Na sua grande maioria, os bombardeiros de e-mail são divididos em aplicações legítimas e ferramentas desenhadas por hackers ou spammers para as suas necessidades. Ambos, legítimos ou maliciosos, os bombardeiros de e-mail são muito semelhantes e podem ser utilizados para o mesmo propósito. A única diferença é que aplicações legítimas (chamadas de programas de endereçamento em massa) estão relacionadas apenas com empresas conceituadas que procuram informar os seus clientes sobre os seus novos produtos, serviços, novidades e outras coisas. Já as versões maliciosas dos bombardeiros de e-mail procuram bombardear as suas vítimas com uma quantidade excessiva de spam e mensagens de e-mail enganadoras.

Assim que um bombardeiro de e-mail entra no sistema, causa as seguintes atividades:

Embora os bombardeiros de e-mail pareçam ameaças relativamente inofensivas, a sua atividade no sistema pode levar os utilizadores a vários problemas. Acautele-se, pois um único bombardeiro de e-mail pode impedi-lo de receber e enviar mensagens de e-mail. Após afetar computadores caseiros ou empresariais, esta ameaça pode levá-lo a problemas críticos, como abrandamentos de sistema, problemas de desempenho e de conexão de Internet. Algumas pessoas reportaram sobre falhas de sistema.

Se um bombardeiro de e-mail pertencer a uma pessoa maliciosa, esta consegue instalá-lo num sistema comprometido e usá-lo como um servidor ilegal para enviar spam. Como resultado, o utilizador do PC afetado pode ser acusado de atividade fraudulenta e mesmo ser preso. Finalmente, temos de acrescentar que bombardeiros de e-mail pode representar uma ameaça para a privacidade do utilizador. Estas ameaças têm propagado ativamente mensagens de e-mail indesejadas repletas com atalhos maliciosos. Estes atalhos podem levá-lo à infiltração de vírus adicionais, como anti-spyware fictício, adware, ransomware e infeções potencialmente perigosas semelhantes.

Resumindo, um bombardeiro de e-mail pode ser facilmente utilizado para iniciar as seguintes atividades:

  • Enviar uma quantidade excessiva de mensagens e-mail anónimas repletas de conteúdo enganador, atalhos maliciosos e outros anexos.
  • Sobrecarregar servidores de e-mail e computadores enviando numerosas mensagens de e-mail com ficheiros extremamente pesados anexados.
  • Degradar a velocidade da conexão à Internet e diminuir o desempenho geral do sistema. A maioria dos bombardeiros de e-mail têm causado também instabilidade de software.
  • Encravar computadores ao inundá-los com milhares de e-mails ou causar a perda da ligação à Internet.
  • Não providenciar opção de desinstalação, escondendo-se do utilizador ao utilizar processos, ficheiros e outros objetos renomeados.

Técnicas de distribuição utilizadas para propagar bombardeiros de e-mail

Os bombardeiros de e-mail não são considerados vírus fraudulentos. Assim sendo, não se podem propagar da mesma forma que os vírus. Têm de ser instalados e depois controlados por uma pessoa específica que os tenha instalado no seu sistema. Todavia, por vezes os bombardeiros de e-mail aparecem no sistema após a instalação de outro software. Resumindo, existem duas formas principais que têm sido utilizadas para propagar bombardeiros de e-mail na Internet e infetar computadores.

1. Um programa de endereçamento em massa legítimo pode ser instalado pelo administrador do sistema ou qualquer outro utilizador manualmente. Apenas os utilizadores com privilégios suficientes para a instalação de software podem instalar um bombardeiro de e-mail no sistema. Um hacker pode também tentar entrar no sistema do PC afetado e definir nele o seu bombardeiro de e-mail.

2. Bombardeiros de e-mail maliciosos são muitas vezes instalados com o auxílio de outros parasitas, como vírus, trojans, backdoors ou ferramentas de administração remota. Podem entrar no sistema sem a autorização ou aprovação do utilizador. Estes bombardeiros de e-mail não têm opção de desinstalação e podem ser controlados apenas pelos seus autores ou donos. Bombardeiros de e-mail maliciosos são maioritariamente compatíveis com o sistema operativo Microsoft Windows. Porém, as últimas versões poderão ser capazes de afetar também o Mac OS X.

Os exemplos mais populares de bombardeiros de e-mail

Bombardeiros de e-mail maliciosos e programas de endereçamento em massa legítmos não são considerados programas amplamente propagados. Não importa que tipo de programa tentássemos descrever, pareceriam praticamente idênticos. Os seguintes exemplos ilustram bombardeiros de e-mail típicos.

KaBoom! e Avalanche são os bombardeiros de e-mail mais populares com uma quantidade excessiva de mensagens e-mail anónimas e spam. São dos bombardeiros de e-mail mais eficazes e amplamente utilizados.

Aenima é um bombardeiro de e-mail eficaz, rápido e de fácil utilização desenhado para enviar uma grande quantidade de mensagens e-mail anónimas e spam. Este parasita pode ser usado para inundar certos computadores, sobrecarregar servidores de e-mail ou a rede local. O Aenima pode enviar e-mails com “assunto”,”corpo” ou ficheiros anexos diferentes. O parasita não se distribui sozinho e tem de ser instalado manualmente. A sua presença no sistema indica que um computador foi comprometido e é agora utilizado como um servidor ilegal para enviar spam.

Infetado com um bombardeiro de e-mail? Aqui está o que precisa de fazer em relação à sua remoção:

Bombardeiros de e-mail maliciosos nunca deverão ser mantidos no computador porque podem levá-lo a vários problemas. Podem causar abrandamentos graves e outros problemas relacionados com a funcionalidade do seu PC. A forma mais fácil de encontrar tal ameaça é usar uma ferramenta anti-spyware confiável. Especialistas em segurança selecionaram estes programas anti-malware eficientes que já arranjaram milhares de computadores: Reimage, Malwarebytes MalwarebytesCombo Cleaner.

No entanto, deverá lembrar-se também que a maioria dos bombardeiros de e-mail nada têm em comum com vírus e, assim sendo, têm de ser desinstalados manualmente. Não deverá esquecer-se que nem todos estes programas possuem uma opção de desinstalação funcional e que pode sempre contar com o auxílio da equipa 2-spyware. Pode adicionar as questões sobre o seu problema na página Ask Us.  

Últimos Vírus Adicionados à Base de Dados

Informações atualizadas: 2016-11-16

Fonte: https://www.2-spyware.com/mail-bombers-removal

Ler noutras linguagens

Ficheiros
Software
Compare
Goste de nós no Facebook