Escala de gravidade:  
  (14/100)

Vírus Snapchat. Como remover ? (Guia de desinstalação)

Gabriel E. Hall de escrito por... - - | Digite: Malware

Vírus Snapchat é um grupo de malware que actua numa aplicação de mensagens multimédia

Snapchat virus picture

Vírus Snapchat – é um nome que descreve programas maliciosos e atividades que decorrem na popular aplicação. O malware poderá exibir anúncios, atalhos maliciosos ou de phishing, pedir a instalação de aplicações desconhecidas para dispositivos Android ou iPhone. Adicionalmente poderá tentar roubar as palavras-passe e log-ins do Snapchat ou de outras aplicações e plataformas.

Sumário
Nome Vírus Snapchat
Tipo Malware
Sistema Operativo visado iOS, Android
Sintomas Uma quantidade aumentada de anúncios, pop-ups e banners; redireccionamentos para websites de phishing ou outros questionáveis; atalhos suspeitos recebidos/enviados no Snapchat; pessoas desconhecidas adicionadas à lista de amigos do Snapchat
Distribuição Lojas de aplicações de terceiros, anúncios maliciosos, websites infetados
Perigos Detalhes de log-in e palavras-passe roubados; outras contas comprometidas; instalação de malware móvel
Para desinstalar o vírus Snapchat instale o Reimage e corra um scan completo ao sistema

O malware Snapchat está proximamente associado aos vírus iPhone e Android. Esta ameaça cibernética poderá propagar-se como uma falsa aplicação Snapchat em sites de terceiros ou aplicações que melhoraram a funcionalidade da aplicação original, por exemplo, permitindo tirar capturas de ecrã anonimamente. Todavia, todas estas aplicações poderão exibir toneladas de anúncios, redirecionar para websites de terceiros ou recolher dados sensíveis.

Anúncios maliciosos em websites potencialmente perigosos ou inseguros poderão também estar infetados pelo vírus Snapchat. Os utilizadores reportam que websites de conteúdo para adultos exibem pop-ups agressivos que não podem ser evitados. Iniciam o Snapchat e pedem amizade com pessoas desconhecidas. Desta forma, a sua conta pode ser pirateada, transformada num bot ou usada para propagar atalhos maliciosos para os seus contactos.

Em alguns casos, o vírus Snapchat poderá também efetuar estas atividades:

  • ler e enviar mensagens,
  • gravar ou iniciar chamadas telefónicas,
  • roubar a lista de contactos,
  • obter acesso a informação providenciada nas redes sociais,
  • bloquear o dispositivo afetado.

Se notou em atividades suspeitas na sua conta, é-lhe pedido que faça log-in de cada vez que abre a aplicação ou sofre de anúncios suspeitos, deve alterar a palavra-passe da sua conta imediatamente e proceder com a remoção do vírus Snapchat.

Para remover o vírus Snapchat tem de fazer um scan ao seu dispositivo com um programa de remoção de malware profissional como o Reimage. Adicionalmente, poderá ter de limpar a cache do seu navegador e o histórico. Para mais informação sobre a eliminação do vírus dos telefones iPhone e Android, verifique as instruções no final do artigo.

Atalhos maliciosos estão a propagar-se no Snapchat com o auxílio de contas comprometidas

Os fóruns estão cheios de utilizadores do Snapchat preocupados que receberam um atalho estranho de um amigo ou foi-lhes dito que eles próprios enviaram atalhos perigosos:

Recentemente tem havido um atalho de vírus snapchat a circular. Abri o meu quando um amigo o enviou porque não sabia que existia um vírus. Digitei o meu e-mail e palavra-passe mas o meu iPad avisou-me que era um website suspeito por isso não continuei.

Os peritos em segurança do LosVirus.es dizem que o aparecimento do esquema Snapchat era esperado. Fraudes semelhantes têm-se espalhado em outras redes sociais e são conhecidas pelos nomes de vírus Facebook Message, Twitter ou Instagram. Não é surpresa que os atacantes tenham visado à plataforma em crescendo contínuo que é maioritariamente utilizada por pessoas mais jovens, pois é mais provável que caiam no esquema.

A maioria destes websites de esquema são usado para obter os detalhes de login do utilizador, que pode ser usado para obter acesso a outras contas. Todavia, os atalhos maliciosos no Snapchat poderão também redirecionar para o esquema de questionário, falsa lotaria e outros websites fraudulentos.

Recebi uma mensagem de um amigo no snapchat com o qual raramente falo a dizer «estás neste vídeo» com um atalho buff.ly. Cliquei no atalho e era um daqueles sites «ganhaste um novo iPhone 7». Fechei imediatamente o atalho e até agora parece que nada foi enviado do meu snapchat para outras pessoas.

As atividades descritas pelos utilizadores lembram uma das versões do vírus Facebook que enviam atalhos maliciosos para os utilizadores do Messenger. Assim que o vírus Snapchat compromete a conta do utilizador, começa a enviar automaticamente atalhos para a lista de contactos da vítima. Assim sendo, tem de ter cuidado com os atalhos recebidos.

Recomendamos vivamente que peça a um amigo se um atalho estranho foi realmente enviado por ele e se é seguro abrir. Contudo, clicar no atalho não deve afetar o seu dispositivo com o malware Snapchat. Normalmente, requer a instalação de aplicações específicas, add-ons ou inserir informação pessoal. Nunca o deve fazer!

O Snapchat sofreu de roubo de dados e de tentativas de phishing

Uma das primeiras atividades danosas para os utilizadores do Snapchat ocorreu em 2013. Um grupo de hackers roubou e publicou cerca de 4.6 milhões de nomes de utilizadores e números de telefone. Considerando o facto de muitas pessoas usam a mesma informação para todas as contas, os ofensores poderão ter acedido ao Facebook, Twitter, e-mail ou outras contas.

Em 2016 os atacantes visaram os empregados do Snapchat. Os criminosos criaram um e-mail de aparência legítima e fingiram ser o diretor executivo da empresa. Uma vítima que abriu o e-mail de phishing foi incapaz de reconhecer a fraude e enviou a informação do recibo de remuneração.

No início de 2018, outra quebra nos dados foi reportada. O website de phishing klkviral[.]org publicou os nomes de utilizador e palavras-passe de 55,851 contas de Snapchat publicamente. Os atacantes ganharam esta informação ao enviar um atalho aos utilizadores através da conta comprometida. Os sites de redireccionamento imitaram a página de log-in do Snapchat.

Dicas para evitar o vírus to Snapchat

No artigo mencionámos brevemente que pode ser infetado(a) pelo malware Snapchat ao descarregar falsas aplicações, visitando websites infetados, clicando em anúncios ou atalhos comprometidos. Como já sabe, estas atividades poderão pôr o seu dispositivo e privacidade em risco. Portanto, deve seguir estas dicas de segurança:

  • Descarregue o Snapchat a partir da Google Play Store ou Apple Store.
  • Instale atualizações através da loja oficial.
  • Não instale aplicações que ofereçam uma funcionalidade avançada que não seja originalmente suportada pelo Snapchat.
  • Não adicione pessoas desconhecidas à sua lista de amigos.
  • Evite visitar websites de conteúdo para adultos, de jogo, de videojogos ou de alto risco.
  • Instale um antivírus móvel e atualize-o regularmente.

Queremos reforçar que as lojas de aplicações de terceiros ou pop-ups de atualização/descarga são normalmente maliciosos. Assim, nunca deve confiar, usar ou clicar nestes.

Elimine o vírus Snapchat do iPhone e Android

Recomendamos vivamente que complete a remoção do malware Snapchat com ferramentas de remoção de malware amigas do utilizador, como o Reimage. Fazer um scan ao seu smartphone Android ou iPhone ajuda a localizar todas as ameaças cibernéticas que possam residir no dispositivo.

Adicionalmente, os utilizadores do iPhone (ou iPad) podem tentar localizar e desinstalar aplicações maliciosas manualmente. Além disso, se sofrer de anúncios e redireccionamentos deverá também limpar o histórico de navegação e dados do website:

  1. Abra as Definições e encontre o Safari.
  2. Escolha Limpar Histórico e Dados de Website.
  3. Clique em Limpar Histórico e Dados.

Porém, se estes métodos não ajudarem a livrar-se do malware Snapchat, deve desligar e reiniciar o seu dispositivo Apple.

Os utilizadores de Android podem também remover o vírus Snapchat dos seus dispositivos ao desinstalar aplicações questionáveis:

  1. Pressione o botão de ligar para abrir o menu de desligar.
  2. Pressione e mantenha o Desligar para reiniciar na opção Modo de Segurança.
  3. Quando no Modo de Segurança, abra o menu Definições e escolha Aplicações.
  4. Encontre aplicações maliciosas e pressione nestes para abrir o menu de informação da Aplicação.
  5. Clique no botão Desinstalar.
  6. Reinicie o seu dispositivo.

Se o botão Desinstalar estiver inativo, tem de sair do menu Aplicações e navegar por Definições > Segurança > Administradores de Dispositivo. Irá ver a lista de aplicações que têm privilégios administrativos no seu dispositivo, portanto tem de desmarcar a caixa junto à aplicação maliciosa. Depois regresse ao menu das Aplicações e livre-se da aplicação.

Oferta
faça agora!
Baixe
Reimage (software de remoção) Felicidade
garantida
Baixe
Reimage (software de remoção) Felicidade
garantida
Compatível com Microsoft Windows Supported versions Compatível com OS X Supported versions
O que fazer se falhou?
Caso não consiga reverter os danos causados pelo vírus com o Reimage, submeta uma questão à nossa equipa de apoio e providencie o maior número de detalhes possível.
Recomendamos o Reimage para reverter os danos causados pelo vírus. Scanner gratuito permite que você verifique se o seu PC está infectado ou não. Se você precisar remover malwares, você tem que comprar a versão licenciada do Reimage ferramenta remoção de malware.

Sobre o autor

Gabriel E. Hall
Gabriel E. Hall - Apaixonada investigadora de vírus

Se este guia de remoção livre ajudou você e você está satisfeito com o nosso serviço, por favor, considere fazer uma doação para manter este serviço vivo. Mesmo uma quantidade menor será apreciada.

Contato do Gabriel E. Hall
Sobre a empresa Esolutions

Fonte: https://www.2-spyware.com/remove-snapchat-virus.html

Guias de remoção em outras línguas