Atalhos maliciosos assinalam outro surto do vírus Skype

Julie Splinters - -

O vírus Skype sempre foi uma das mais ativas infeções cibernéticas, modificando a sua forma e abordagens, mas sendo sempre bem-sucedido na infeção de numerosos computadores por todo o mundo. Nos últimos anos, porém, relatórios sobre supostas infeções intensificaram-se significativamente. Os utilizadores alegam ter recebido atalhos estranhos de contatos Skype aleatórios apontando ao site de pesquisa Chinês intitulado Baidu.com. As linhas do atalho são completadas com o nome de utilizador do destinatário no final. À parte disso, não são fornecidas informações adicionais. Não obstante, pode ter a certeza de que estas mensagens nunca foram intenção dos seus amigos do Skype. Se ainda não tem a certeza quanto à sua confiabilidade, pode sempre verificar com a pessoa para perceber se esta realmente lhe enviou o atalho ou se alguma infeção maliciosa o colocou lá para si. Isto pode salvá-lo(a) de ser inesperadamente redirecionado para domínios perigosos e infetar o seu dispositivo com malware. Na verdade, isto é o que acontece normalmente durante o ataque do vírus Skype. Ao invés de parar no Baidu.com, será automaticamente redirecionado para o Coolinfovip.com, um domínio falso que imita a bem conhecida revista de negócios americana Forbes. Poderá apenas imaginar que perigos o aguardam ao operar neste site fictício. Assim sendo, deverá deixar este website imediatamente e inspecionar o seu computador por uma potencial infeção malware.

Image of infected Skype link

Com cada vez mais utilizadores a encontrar os seus computadores infetados com o parasita Skype, torna-se bastante óbvio que a situação está a ficar fora de controlo. Os donos do Skype na Microsoft Corporation, porém, ainda não emitiram qualquer declaração oficial sobre este assunto. Informação sobre como proteger a sua conta de ser pirateada pode ser encontrada somente em fóruns da comunidade Skype. Parece que teremos de aprender com as experiências uns dos outros até que diretrizes formais sejam lançadas. Felizmente, a informação que os utilizadores partilham dá uma imagem relativamente definida de como o vírus funciona, o que poderá ajudar a evitá-lo. Os utilizadores infetados são aconselhados a alterar as palavras-passe das suas contas Skype e efetuar um scan nos seus dispositivos infetados com ferramentas antivírus conceituadas, enquanto aqueles que recebem atalhos infeciosos através de mensagens privadas se devam manter afastados. É também recomendado informar os utilizadores infetados que atalhos suspeitos estão a ser enviados das suas contas e incitá-las a informar outras pessoas na sua lista de contatos a ignorar estas mensagens. Isto poderá ajudar a refrear a propagação da infeção.

fonte: http://www.2-spyware.com/post9655.html

Ler noutras linguagens


Ficheiros
Software
Compare
Goste de nós no Facebook